Fechar busca

Digite o nome do produto

Digite o nome do produto e toque em Ir ou selecione um produto da lista.
R$ 0,00

Meu Carrinho

Indique amigos e ganhe créditos em nossa loja!

Saiba quais hábitos saudáveis adotar durante a gestação, para auxiliar no desenvolvimento do bebê. 

 

Equilíbrio e sabor. Essas são as premissas de uma alimentação recomendada para todos ao longo da vida, e principalmente de uma alimentação na gravidez.


Além de manter a futura mamãe saudável, escolhas corretas na alimentação, durante a  gravidez, ajudam a abrir caminho para um trabalho de parto mais fácil e estabelecem alicerces importantes para o crescimento saudável da criança.


Isso sem falar no fato de que muitos estudos apontam que a alimentação na gravidez interfere nos hábitos alimentares do pequeno, indicando até mesmo que a aceitação das primeiras refeições sólidas do bebê tem ligação com os alimentos que a mãe consumia durante a gestação.

 

 

Comer bem não é comer por dois


A máxima das nossas avós de "comer por dois" para dar conta desse período e oferecer o suficiente para a criança está ultrapassada.


É claro que uma alimentação na gravidez não prevê dietas e restrições alimentares, afinal esse definitivamente não é o momento de querer perder peso ou lutar contra a balança. No entanto, o ganho de peso em excesso também pode ocasionar problemas para a mãe e para o bebê.


No caso da primeira, essa pode vir a sofrer com alterações na formação dos tecidos maternos e distúrbios na gravidez, como hipertensão arterial e diabetes gestacional.


Já a criança, poderá ter prejuízos no seu desenvolvimento, prematuridade e riscos de desenvolver doenças futuras, como obesidade e problemas cardiovasculares, tudo isso devido a uma má alimentação na gravidez.

 

Mas, como saber qual o ganho de peso ideal nessa fase?


Especialistas recomendam um cálculo que relaciona o IMC (índice de massa corporal) pré-gestacional com o ganho de peso semanal e total, conforme abaixo.

 

 

Com essas informações em mãos, é hora de entender a participação de cada nutriente na alimentação na gravidez.

 

- Proteínas: auxiliam na formação e no crescimento do feto, da placenta e dos tecidos maternos, sendo encontradas em carnes, leite e ovos. 


O recomendado é que se dê preferência para as carnes magras e leite desnatado.

 

- Ferro: também auxilia no crescimento da placenta e no desenvolvimento do bebê, podendo ser encontrado em carnes magras, vegetais verde-escuro, como a couve, o espinafre e o brócolis, e nas leguminosas.

 

- Carboidratos: são a principal fonte de energia da gestante, sem eles a alimentação na gravidez fica comprometida, pois o organismo passa a usar as proteínas para ter a energia necessária e isso não é bom. 


Eles podem ser encontrados nos cereais, massas e pães, e a recomendação é que sejam buscados em versões integrais.

 

- Ácido fólico: importante para a divisão celular, ele reduz o risco das chamadas anomalias congênitas e das doenças cardiovasculares.


Para obter as quantidades necessárias, é indicado o consumo de leguminosas, dos mesmos vegetais verde-escuros e também de frutas, como a banana, o morango e a laranja. Carnes e ovos também são bem-vindos.

 

- Cálcio: seja na alimentação na gravidez ou ainda durante a lactação, ele é essencial para a saúde da mãe e do bebê. 

 

Para as mamães que tenham algum tipo de restrição à lactose, além do leite, é importante saber que o cálcio também é encontrado em cereais integrais, e nos já recomendados vegetais verde-escuros.

 

E os desejos de comidas calóricas e gordurosas? 

 

Calma, eles podem ser atendidos, desde que com equilíbrio, em menores quantidades. 

 

 

Acompanhamento especializado

 

É fundamental lembrar que as dicas de alimentação na gravidez acima não permitem abrir mão do acompanhamento médico e nutricional, bem como dos exames de pré-natal. 

 

Cada mãe e cada criança tem características e necessidades diferentes, devendo ser avaliadas de perto nessa fase.

 

2Marias

 

Na 2Marias, todas as refeições são elaboradas com equilíbrio pela nossa nutricionista funcional, Dra. Karin Paciulo, seja para uma alimentação diária ou para alimentação na gravidez.

 

Além disso, os pratos são preparados somente com ingredientes orgânicos, que mantêm as futuras mamães longe de agrotóxicos e outras substâncias químicas associadas ao desenvolvimento de uma série de problemas de saúde. Conheça nosso cardápio.