Fechar busca

Digite o nome do produto

Digite o nome do produto e toque em Ir ou selecione um produto da lista.
R$ 0,00

Meu Carrinho

Indique amigos e ganhe créditos em nossa loja!

A comida congelada é uma grande aliada da correria diária, principalmente para quem mantém o hábito da alimentação saudável. Afinal de contas, ao congelar suas refeições você economiza tempo e tem a facilidade de ter sempre uma boa refeição pronta.

 

Além do mais, com a comida congelada você pode programar as refeições semanais ou mensais, ter pratos mais saudáveis e ainda evita desperdícios. 

Para  te ajudar nessa jornada, neste texto mostramos como você pode fazer suas refeições congeladas da forma correta. Confira!

 

Marmita: importância para o dia a dia


Por que congelar marmitas?


Sabemos que não é fácil, manter uma rotina de alimentação saudável trabalhando fora de casa, sem falar dos custos. Por esse motivo, cada vez mais pessoas se optam por refeições congeladas.  Afinal, com marmitas congeladas dá para comer muito bem sem abrir mão do sabor, dos nutrientes e da facilidade. Muito bom, não é? 

 

Entre os benefícios do congelamento de comida estão:

  • Alimentação balanceada
  • Flexibilidade
  • Economia
  • Ganho de tempo

 

Viu só quantos benefícios?! O congelamento de alimentos também pode ser uma boa escolha quem está em processo de emagrecimento ou reeducação alimentar.


Quais alimentos congelar


Antes de mais nada, é preciso escolher quais os alimentos são os mais adequados, para congelar e garantir refeições saborosas e saudáveis. 

Você pode congelar tanto alimentos prontos quanto crus. Mas entre as escolhas sempre considere a composição do prato, ele precisa ter carboidratos, proteínas e vegetais. Além disso, prefira alimentos saudáveis e orgânicos para suas refeições.

 

Dica da nutri: como organizar um cardápio equilibrado

 

Divida os alimentos em pequenas quantidades, utilize embalagens adequadas, como, por exemplo, própria para ir ao micro-ondas e com boa vedação. Além disso, evite levar ao freezer embalagens plásticas, pois a liberação do composto também é mais intensa quando há resfriamento do utensílio. 

Coloque etiqueta com nome e data do congelamento, assim você evita doenças de origem alimentar. Após cozinhar suas refeições, deixe esfriar naturalmente antes de colocar para congelar.

 

Congelar alimentos é uma solução prática. Mas nem todos os produtos podem ser congelados, pois podem perder o valor nutricional, textura e sabor. Alimentos como, por exemplo, maionese, salada de folhas cruas, claras em neve ou cozidas, batatas cozidas e ovos cozidos não podem ir ao freezer.

 

Congelar alimentos: saiba como adotar essa técnica com segurança

 

Como descongelar corretamente marmitas 


Tão importante quanto congelar corretamente um alimento é a forma de descongelar. O alimento deve ser descongelado em uma temperatura segura, que não permita a multiplicação de micro-organismos. Existem três maneiras corretas de descongelar seus pratos: na geladeira, no micro-ondas ou no banho-maria. Opções como descongelar em temperatura ambiente ou em cima da pia não são seguras, podem favorecer a proliferação de fungos e bactérias, responsáveis por intoxicações alimentares. Além disso, jamais congele novamente um alimento descongelado. 

 

Alimentação orgânica: qual prazo para meu corpo se beneficiar?

 

Gostou das nossas dicas para congelar alimentos? Além de preparar seus pratos, você pode contar com opções ainda mais práticas, como as nossas refeições congeladas. Temos pratos gostosos, nutritivos, orgânicos, com técnica de ultracongelamento, elaborados por nutricionistas para você pedir de acordo com as suas necessidades.