Fechar busca

Digite o nome do produto

Digite o nome do produto e toque em Ir ou selecione um produto da lista.
R$ 0,00

Meu Carrinho

A cada dia que passa, mais estudos comprovam a relação da má alimentação com o desenvolvimento de doenças. Muitas vezes, até mesmo os alimentos considerados saudáveis podem oferecer riscos, a depender da sua procedência. Isso é algo que não acontece com alimentos orgânicos que, por serem livres de químicas, oferecem muitos benefícios à saúde.

Os alimentos orgânicos são considerados totalmente livres de químicas, pois são produzidos com métodos que não fazem uso de agrotóxicos sintéticos, transgênicos ou mesmo fertilizantes químicos, ocasionando, assim, menos danos à saúde do consumidor. Nesse processo, o combate às pragas e a fertilização do solo são feitos com substâncias naturais, como óleos essenciais de outras plantas e adubos naturais.

Para ser considerado orgânico, o processo produtivo de um alimento deve garantir o uso responsável do solo, da água e de todos os recursos naturais, respeitando relações sociais e culturais. Os alimentos orgânicos são resultado de uma prática que, além de unir o homem à terra, ainda fortalece as comunidades rurais.

Falando dessa maneira, muita gente tende a imaginar que os alimentos orgânicos se restringem a frutas ou vegetais. Total engano. Hoje em dia, temos um leque de produtos orgânicos que viabiliza um cardápio inteiro de refeições.
 


Mas, afinal, por que optar pelos orgânicos?


- Estão longe de resíduos


Levantamentos de órgãos competentes apontam que a agricultura brasileira é campeã mundial em uso de agrotóxicos. Segundo a Anvisa, mais de 60% dos alimentos testados no Brasil possuíam um ou mais resíduos nocivos à saúde do homem.

Por não serem produzidos com uso de substâncias químicas, os alimentos orgânicos fogem a essa regra.
 

- Evitam alergias


O não uso desses venenos no decorrer de sua produção garante aos alimentos orgânicos menor recorrência de relação com crises alérgicas e respiratórias. Já que, na maioria das vezes, o consumidor não possui alergia ao alimento em si, mas sim às substâncias químicas inseridas nele.
 

- Ajudam na desintoxicação


Somada à questão alérgica, os alimentos orgânicos ajudam ainda na desintoxicação, já que purificam o organismo, deixando ele longe de agrotóxicos.

Eles melhoram também os problemas gastrointestinais e do fígado, desencadeados, normalmente, pela química contida nos alimentos convencionais.
 

- São mais nutritivos


Os alimentos orgânicos conservam naturalmente suas propriedades que agem impedindo que os radicais livres “oxidem”, ou seja, lesionem ou matem nossas células. Chamados antioxidantes, esses agentes são considerados auxiliares na manutenção da saúde da pele e na prevenção de diversas doenças, inclusive o câncer.

Além disso, pesquisas desenvolvidas ao redor do mundo indicam que eles possuem 118% a mais de magnésio, 125% de potássio, 73% de ferro e 63% de cálcio, além de maiores quantidades de vitaminas.
 

- São mais saborosos

 
Embora esse não seja um fator específico para manutenção da saúde, não há como negar que as pessoas se alimentam muito melhor quando a comida é gostosa, sobretudo quando falamos nas crianças.

Os alimentos convencionais possuem compostos químicos colocados no solo e usados para tratar os animais, que tendem a fazer com que eles percam, junto com as suas propriedades e nutrientes, o seu gosto original. Dessa forma, os alimentos orgânicos ganham não só em saúde, como também em sabor.
 

2Marias


Na 2Marias, todas as nossas receitas são feitas com ingredientes direto do produtor, livre de agrotóxicos e conservantes. Oferecemos um amplo cardápio, que possibilita o consumo de refeições orgânicas do café da manhã até o jantar.